Terça-feira, 28 de Fevereiro de 2012

PUB Institucional


CEIRA ROCK FEST - Site Oficial

escrito por João Saro às 19:19
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Quinta-feira, 16 de Fevereiro de 2012

Buraco Negro

Pixies - "Hey" (ao vivo em Londres 1988)

P.S.: Certamente a primeira de muitas deles a passar por aqui.

escrito por João Saro às 03:41
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 9 de Fevereiro de 2012

Uma questão de percepção

bandeira UE

 

Temo que nem a maior parte dos líderes europeus perceba que a Europa esteja virada do avesso. Prosseguem em frente como se nada fosse, sem perceber que estão com a bússola ao contrário. Podem pensar que é igual, mas as estrelas ao contrário indicam mesmo que a bandeira está de pernas para o ar... é parecido ao olhar, mas bem diferente nas consequências.

 

Não temo só pela Europa, temo também por ter consequências em cada um dos países. É possível que pela Escandinávia note-se pouco, que pelo Reino Unido nem reparem e que só o Mediterrâneo, por enquanto, sinta na pele. Só que isto vai tocar a todos...

 

suécia UK

 

itália

 

tags:
escrito por João Saro às 17:10
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 2 de Fevereiro de 2012

Portuguesing

Este sketch da "Série Fonseca" foi um dos mais conhecidos e que, pessoalmente, mais apreciei... não tivesse feito eu um curso em Gestão de onde provém boa parte destes termos nunca traduzidos. De tanto ver o sketch, hoje não tem, para mim, a mesma magia da altura.

 

 

Era simplesmente genial, mas foi plagiado há dois anos pelo CEO da PT, Zeinal Bava, em pleno Parlamento. E não é que recuperou alguma da magia?

 

escrito por João Saro às 19:45
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quarta-feira, 1 de Fevereiro de 2012

A ler...

"O medo ou a vergonha", Daniel Oliveira (Arrastão.org)

 

"(...)Tenho, perante o comandante Schettino, sentimentos contraditórios. Os mesmos que tenho perante a cobardia.(...) Que nunca a vida me ponha de tal forma à prova. Porque poderia descobrir, enojado comigo próprio, que não sou quem julgo ser.""

 

Vem já com mais de uma dezena de dias atrasado, mas é um texto muito bom sobre a única coisa que realmente me fez pensar mais que 20 segundos aquando das várias notícias do Concordia e do seu acidente. Tería a coragem de um honroso comandante ou a cobardia do "líder" daquele navio?

 

Tentando ir por uma via diferente da que foi o texto do Daniel Oliveira, muitas destas questões que levantou estão a ser abordadas de forma pelas últimas gerações de forma bem distinta dos seus "avós". Há 3 ou 4 anos, quando vi Miguel Sousa Tavares a perguntar-se como, na crise financeira, ainda não se tinha conhecimento de suícidios de burlões que desembocaram a dita, eu soltei um sorriso crítico do seu desejo. No entanto, pensando bem, hoje em dia isso é resultado de uma falta de vergonha e de honra* que está a ser levada ao exagero. Não quero comparar o comandante ao Madoff, apenas salientar que são valores similares que estão em causa e que levaram às suas (in)acções. Quando o Madoff vem com um boné de basebol e de sorriso perante as câmeras quando está-se a dirigir à polícia depois de ter sido demascarado o seu esquema, é também disto que se fala.

 

Um comandante de um navio há 100 anos seria o último a sair nem que tivesse de ir com ele para o fundo do mar, os "Madoffs" dificilmente aceitariam ser presos e poriam fim à sua vida com um tiro nos miolos e por aí adiante. Havia um código de honra, seja de profissão ou de carácter. Ainda não consegui a chegar a uma conclusão de onde deve ficar o meio termo da coisa, mas a verdade é que haver cada vez menos vergonha e honra* na sociedade não parece ser assim tão positivo (a razão é o medo, ou a falta dele, enunciado no texto do Arrastão).

 

"(...) Que nunca a vida me ponha de tal forma à prova. Porque poderia descobrir, enojado comigo próprio, que não sou quem julgo ser."

 

* fiquei na dúvida sobre a adjectivação mais correcta, mas embora não sejam sinónimos, acredito que quando se fala neste tipo de "honra" fala-se também da "vergonha" como aqui é descrita e vice-versa. Ou se calhar estou a falar apenas de vergonha... não sei...

escrito por João Saro às 22:43
link do post | comentar | favorito

Buraco Negro

At The Drive-in - "One Armed Scissor"
escrito por João Saro às 18:15
link do post | comentar | favorito

Mais sobre quem digo que sou

Pesquisar neste blog

Links

Posts recentes

AD.dicts

Os bustos

Adopção = Sexo

O Benfica joga no domingo

O balde de gelo

Buraco Negro

Médio Oriente: a solução!

"We need to talk about Is...

4th July - Made in...

Cenas épicas

Arquivos

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Maio 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Escritório

Bloco de notas

subscrever feeds